Área do Usuário

Login

Apostila de XHTML

Gratuita          3MB          Publicado: 25/04/2011

621 downloads

De onde veio XHTML? Quando o W3C definiu os parâmetros da quarta versão do HTML (HyperText Markup Language) em 1997, os profissionais ficaram satisfeitos com o resultado final e o adotaram sem problemas como a base definitiva de programação para a criação de páginas na Web. Depois de três anos, a linguagem sofre o que parece ser sua maior evolução com a adição de aplicações da metalinguagem XML (EXtensible Markup Language). Nasce então o XHTML 1.0, a nova linguagem-base para criação de páginas Web que reúne todas as qualidades do HTML com os recursos do XML, destinado para substituir, aos poucos, o HyperText 4.0. Todas as linguagens de marcação da web são baseadas em SGML, uma metalínguagem complexa e complicada projetada para máquinas com a finalidade de servir de base para criação de outras linguagens. O SGML foi usado criar XML (Extensible Markup Language), também uma metalinguagem, porém bem mais simples. Com XML você cria suas próprias tags e atributos para escrever seu documento web. Isto significa que é você quem cria sua linguagem de marcação. XHTML foi criado dentro deste conceito e por isso é uma aplicação XML. As tags e atributos do XHTML foram criadas ("inventadas") aproveitando-se as nossas conhecidas tags e atributos do HTML 4.01 e suas regras. XHTML é uma linguagem de marcação bastante familiar para quem conhece HTML e a transformação de um documento existente de HTML para XHTML é uma tarefa bem simples. A junção das duas linguagens resultou no XHTML (EXtensible HyperText Markup Language), uma linguagem quase igual ao HTML original, o que facilita muito aos programadores, que estão acostumados com todas as tags e códigos desde que foi criada, mas que é capaz de apresentar a "flexibilidade" da linguagem XML de levar seu conteúdo registrado nela para outras plataformas. Graças à proximidade do XHTML 1.0 com seu antecessor, o HTML 4.0, os elementos XML podem ser inseridos nas páginas HTML já existentes, adicionando as novas tags e elementos originados da nova linguagem, gerando infinitas novas possibilidades para o futuro da Web em termos de divulgação de conteúdo e de aperfeiçoamento da programação. Qual a finalidade do XHTML? XHTML é a sigla em inglês para EXtensible HyperText Markup Language que em português resulta em Linguagem de Marcação para Hipertexto Extensível, uma aplicação XML, escrita para substituir o HTML e nada mais é do que um HTML "puro, claro e limpo". Quais as vantagens de se usar XHTML? Em primeiro lugar a compatibilidade da linguagem XHTML com as futuras aplicações de usuários, garantindo desde já que as criações XHTML conservar-seão estáveis por longos anos. A tendência é que futuras versões de brownsers e agentes de usuários em geral, deixem de suportar elementos e atributos já em desuso ("deprecated") segundo as recomendações da W3C, bem assim como antigos e ultrapassados esquemas e esboços do HTML. XHTML é a linguagem da web do futuro desde já a disposição de projetistas e desenvolvedores web.

(cc) Licença Creative Commons 2008 - 2018 Apostilaz.com.br