Área do Usuário

Login

Candidatos do Enem precisam cuidar da alimentação

Por nessi em 05/11/2010

Falta um dia para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2010 e, além de tentar diminuir a tensão para a prova, o candidato precisa cuidar da alimentação. O que pode e o que não pode? O que atrapalha e o que ajuda?

Fernando Moraes/Folhapress
      Macarrão é uma boa pedida para o almoço do dia da prova

Segundo Alexandra Magna Rodrigues, nutricionista do centro de atendimento e apoio ao adolescente da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a alimentação nas vésperas da prova não pode ser diferente daquilo que o estudante já está acostumado. “O importante é que você siga sua rotina. E que ela seja saudável”, afirma.

No dia anterior, por exemplo, ele deve esquecer álcool e energéticos. “Com álcool, você pode amanhecer com ressaca, mais desidratado. O energético é uma loucura: pode causar taquicardia, suor. Não é recomendado tomar nada que você acha que vai dar alguma ajuda milagrosa. O milagre é ter estudado ao longo dos anos”, diz a nutricionista.

Ela sugere que se comam, pelo menos, três frutas por dia, e que se ingiram fontes de cálcio, como queijos, iogurte ou mesmo leite. Outra dica é a hidratação constante. “Tomar suco natural, água. Não é hidratar com refrigerante.”

Já no almoço no dia da prova, muitos recorrem ao macarrão, que dá energia. Mas há prós e contras. “Claro que não pode fazer um ‘pratão’ de macarrão, que vai dar aquele sono”, diz o professor de psicologia da Unesp (Universidade Estadual Paulista), de Assis, Paulo Motta. “Para metabolizar esse carboidrato, precisa-se de vitaminas do complexo B. Você pode comer um macarrão e mais uma fonte de fibras, ou uma salada antes, ou uma fonte protéica”, afirma Alexandra.

Durante o Enem

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) liberou as “comidinhas” durante a prova. Mesmo assim, nem pense no chocolate. “Existem métodos mais saudáveis que o chocolate, que é fonte de gordura. O ideal é que você tenha fontes de carboidrato. Bolacha integral sem recheio, barra de cereal, ‘cookie’ sem gordura. Fruta seca ou mesmo uma fruta natural”, enumera a nutricionista.

E se o sono bater, um bom truque é o chiclete. Segundo Paulo Motta, o doce ativa uma glândula no cérebro que não deixa a pessoa pegar no sono. Alexandra afirma que é fundamental, também estar hidratado: deve-se levar uma garrafinha com água para a prova.

Sono

Além de alimentação balanceada (e correta), é fundamental ter uma boa noite de sono na véspera. Por mais que o candidato precise relaxar antes da prova, balada não é opção. “É bem importante que eles possam caprichar no sono, escurecendo bastante [o local] onde dormem”, afirma a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association no Brasil.

Outra dica da psicóloga é deixar a academia ou outra atividade física para a próxima semana. “[O aluno deve] Procurar não fazer atividade física até duas horas antes de dormir, porque isso libera endorfina”, diz.

Bookmark and Share

Compartilhe esta notícia, selecione o site de sua preferência

Envie uma apostila
Video aulas gratuitas

(cc) Licença Creative Commons 2008 - 2018 Apostilaz.com.br